76 ANOS DE NAKBA

76 anos da Nakba

A palavra “Nakba” em árabe significa: o grande desastre/catástrofe, no contexto palestiniano, este termo refere-se a um processo contínuo de pilhagem e privação do povo palestiniano das suas terras e propriedades. Este processo começou antes de 1948, com o início das aspirações sionistas de confiscar a maior quantidade de terra para uso exclusivo dos judeus.

A guerra de 1948 representou o auge deste processo: além das atrocidades da guerra e dos massacres, e das violações a Nakba representou a demolição de mais de 500 cidades e aldeias e a transformação de mais de 750 mil homens e mulheres em refugiados. Este número significa cerca de 85% da população palestina que vivia na terra onde o Estado de Israel foi estabelecido.

Hoje podemos dizer que a Nakba continua na Palestina e é ainda pior por causa da guerra horrível a que Gaza está exposta. Portanto, rezamos para que esta guerra termine o mais rapidamente possível e que Gaza seja reconstruída e o Estado da Palestina seja estabelecido. A solução de dois Estados é a única solução que porá fim a este interminável conflito e ao sofrimento do povo palestiniano.

Uma delegação da Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP) esteve em visita oficial à Palestina

345066668_1455588348580254_3927780173878072491_n , procurando conhecer a realidade e aferir as dificuldades do povo palestiniano. Vários encontros foram realizados, e foi transmitido, aos representantes da ANMP, os principais problemas dos municipios palestinianos , desde logo a necessidade de uma paz justa.
كان في زيارة رسمية الى فلسطين وفد من الرابطة الوطنية للبلديات البرتغالية بهدف التعرف على الواقع الفلسطيني وتقييم الصعوبات التي يواجهها الشعب الفلسطيني. وعقدت عدة لقاءات ، وأحيلت المشاكل الرئيسية للبلديات الفلسطينية إلى ممثلي رابطة البلديات البرتغالية اللذيت تأكدوا أنه من الاولويات الحاجة إلى سلام عادل أولا.