A MARCHA DAS BANDEIRAS EM JERUSALÉM

O Ministério dos Negócios Estrangeiros e Expatriados Palestiniano condena a provocativa marcha das bandeiras e afirma que Jerusalém é a chave para a guerra e a paz na região.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *